quarta-feira, maio 20, 2009


Não subestimem a Russia

Muitos analistas ocidentais, mantendo uma tradição histórica, costumam generalizar e simplesmente ignorar, quando o assunto é a Rússia. Trata-se da continuação dos velhos preconceitos da Guerra Fria, na qual os malvados soviéticos cozinhavam criançinhas e as comiam com Vodka.

Percebe-se em inumeros artigos, neste site e em outros, que as analises feitas sobre as forças russas limitam-se a dizer : " esta tudo sucateado" , " falta dinheiro para tudo" , " os americanos são melhores" , ou outras opiniões especulativas que simplesmente dizem que a Rússia não teria a menor chance contra os ocidentais.

Certas analises descambam para violentas criticas contra Vladimir Putin, caracterizando-o como um perverso ditador malvado, discípulo de Stalin. Sugiro, ao mantenedores deste site, que não realizem criticas politicas em assuntos militares. Além disso, lembrem-se que um só Sovremeny pode destruir metade de uma esquadra americana em vinte segundos, da mesma forma que nada no mundo se compara aos Sukhois, bulavas ou Typhoons.

Não subestimem o Urso. Os russos ja provaram do que são capazes, e é exatamente a política de Vladimir Putin que impediu que um cara mais radical esmagasse os georgianos. ONDE ESTÁ A REFERENCIA AO MASSACRE DOS CIVIS DA ABKHAZIA POR PARTE DA GEORGIA ??

Mensagem automática publicada por : Wagner

2 Comentários:

At sexta-feira, 22 de maio de 2009 às 00:29:00 WEST, Blogger ALONE HUNTER said...

Parabéns pelos comentários. O problema é que Portugal é um membro da OTAN, e então, os criadores deste website se influenciam sobre questões políticas, e não sobre questões técnicas. Acontece que sozinha, a Rússia pode destruir a Europa inteira, e deveria fazer isso. A OTAN é uma organização imperialista, que desafia os países que não são membros. É um desrespeito o que este grupo está fazendo com a Rússia,instalando bases militares próximo de suas fronteiras.

 
At sexta-feira, 12 de junho de 2009 às 19:20:00 WEST, Blogger Spertnez said...

Isso acontece em outros paises que não são membros da OTAN, caso do Brasil, onde a imprensa é totalmente alienada aos interesses dos EUA.
Emissoras influentes usam seus telejornais para fazerem claras criticas a politica do Putin e agora do Medvedev também. Um apresentador de TV teve a ousadia de dizer em seu programa que a visita da esquadra russa a Venezuela não era grande coisa e que o cruzador russo "Pedro o Grande" não era uma ameaça pois não possui um sistema de defesa aérea efetivo.
O que mais impressionou foi a total omissão em noticiar o massacre cometido pelas tropas georgianas contra a população da Ossetia do Sul. Isso foi revoltante!

http://gustasou.blogspot.com/2009/06/o-rotulo-da-coreia-do-norte.html

 

Enviar um comentário

<< Início do Blog